terça-feira, 17 de maio de 2011

UMA TURISTA DESLUMBRADA

UMA TURISTA DESLUMBRADA

Nessa vida me sinto turista
Não há sequer um momento
Nem mesmo uma leve visão
Que não fiquem bem marcados
Dentro do meu coração

Minha paixão pela música
Parece até fixação
Eu a ouço nos ouvidos
Mas nota por nota circula
Nas veias de todo meu corpo
Fazendo pulsar meu coração

Pela flores me deslumbro
Chegam a me hipnotizar
Se alguém se encontra por perto
Sinto-me até constrangida
Por não saber dissimular

No amor fiquei a estagiar
Na fidelidade do homem
Não consegui confiar

Sempre tive a impressão
Que cartas ele tinha na manga
Pra no fim ganhar sozinho
Como nos jogos de azar

Dessa família que descendo
Injustiça doída e contínua
A maioria enxergou em mim
Uma estranha no ninho

Que há muito aqui se instalou
E que mais tarde não soube
Qual era o momento exato
De voltar por onde andou

Acontece que
Eu perdi a noção do tempo
Minha trilha dos meus olhos escapou
A beleza contida nesse planeta
Por meio século me aprisionou

(06/03/2007)

56 comentários:

  1. Nossa!!! lindo... É isso mesmo, somos turistas.

    Boa tarde, bjo

    ResponderExcluir
  2. Vi as fotos e ouvi Beethoven, seus filhos são D++++, parabéns!


    Boa tarde, bjo

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais...me deliciei. Vc tem uma suavidade ímpar para escrever. Um bjo grande pra ti ;)

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso o seu poema, neste caso sinto-me também uma turista!

    ResponderExcluir
  5. Oi Maria,
    Que saudade! Que bom que vc reapareceu.
    Adorei o poema. É lindo!
    Tem sorteio no meu bloguito, para mim é importante que vc participe.
    Bjkas e uma noite maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso poema,Amapola! Lindo! um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  7. Tenho essa mesma sensação, de ser turista nessa terra, mas jamais consegui descrevê-la com tamanha grandeza.
    Um beijo, querida.

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga, boa tarde,vc conseguiu em poucas linhas dizer tudo aquilo que tens dentro de tí, amiga eu te admiro muito pelo talento que tens em dizer o que sentes, de forma calma, vai fluindo. Estava com saudades, tive uma semana meia trabalhosa mais aquí estou. Depois vou me inteirar sobre o trabalho sobre arte dos teus filhos, lí algo sobre isto num comentário anterior. Amiga um abraço carinhoso, Celina

    ResponderExcluir
  9. Querida Maria, cada vez me apaixono mais por teus textos, muitos bons...Convido-a a dar uma olhada no meu blog Conta contos,é muito novo ainda, tenho pouquíssimos seguidores. Avaliação, na verdade é um termômetro que nos pulsiona a continuar escrever e postar. A história dos "Últimos pau de arara, foi baseada toda em fato real, só muda os nomes dos personagens.Bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá amiga
    Acredito que todos somos turistas nesse plano, uns aproveitam a viagem e se deslumbram com a vida, outros só passam sem ver, nem viver nada.
    Bjux

    ResponderExcluir
  11. Eu sou turista. Um turista futurista!
    Adorei
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  12. Amapola, minha querida! Suas palavras me encantam, o talento que você tem é tão notável, digno de muita admiração...Aplausos mais uma vez!

    ResponderExcluir
  13. E sao tantas as viagens que fazemos, nao é? E é só bem ela que nos importa.
    Muito envolvente o poema Amapola, gostei muito!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Linda poesia Amapola!
    Somos turistas desse corpo e dessa alma,
    caminhando pelas estradas da vida.
    um grande abraço

    ResponderExcluir
  15. Mui lindo... Bjks querida.
    Tpm

    ResponderExcluir
  16. Somos turistas,

    Daí a importância de fazermos o bem,

    Um dia seremos lembranças,

    ResponderExcluir
  17. Somos seres espirituais em um corpo e relações que nos aprisionam querida, temos que enxergar muito além do amar. Como Maria a perfeita entre nós e exemplo de amor.
    lindo demais!!
    Carla

    ResponderExcluir
  18. Que lindeza de versos!

    Somos turistas sim, e temos que deixar marcas boas em cada território de carne que pisamos.
    Assim qdo partimos, teremos um pouco de nós em cada um dos que ficaram mas que viajaram conosco!

    Um beijo, querida Maria!
    Deus te cuide!

    ResponderExcluir
  19. conseguimos compartilhar com você o sentimento de estranheza e envolvimento com a beleza do mundo. Lindo! bjo

    ResponderExcluir
  20. Na verdade, Maria, somos todos passageiros e perseguidores de sonhos num mundo que extrapola a nossa visão. Beijos

    ResponderExcluir
  21. Alguém já disse que somos todos viajantes, Apreciar as paisagens faz um bem danado!

    Abraço e ótima noite!

    ResponderExcluir
  22. Ola
    Linda mensagem!
    Gostei muito.
    abraço fraterno
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  23. Boa noite , Maria,
    Obrigado pelo comentário lá no Cores! Seus olhos não estão com problemas, não. Muitas pode ser que a posição como vc esteja vendo a foto é que diminua a "ilusão"!
    Adoro a "cor e forma" da sua escrita!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Irmã querida!

    Sim, somos todos turistas.
    Muitas vezes turistas na vida, dentro da nossa familia, no trabalho, no campo dos amigos, dos amores.
    Muitas pessoas enxergam em nós, e muitas vezes nos fazem sentir estranhos no ninho.
    Mas o tempo vai passando, e a gente fica calejada de tantas coisas na vida, e constrói um mundo só nosso, um mundo particular, onde só cabem pessoas que nos vêem com os olhos que somos, e a gente passa a não mais dar valor a quem nos olha com olhares de repulsa e ingratidão.
    E um dia, a gente olha pra trás, e percebe que tudo o que vivemos, sofremos, nos fizeram mais fortes, afinal chegamos até aqui.
    E a gente percebe que apesar de tudo, fomos vencedores, deslumbradas e vitoriosas.
    Não desistimos.
    Não fugimos.
    Sobrevivemos.
    E ainda sobra em nosso coração, apesar de machucado o dom de amar, o dom da poesia.
    E foi exatamente isso que você fez agora.
    Tirou da alma, a poesia da vida vivida.

    Elisa Lucinda diz em uma frase sua:

    "Tem gente que é poema".

    E eu dedico a você isso Amapola. Você é um poema, um hino de amor, de bondade, de humanidade.

    Amo você, por tudo que você é!


    Um beijoooo irmã querida!

    ResponderExcluir
  25. Amapola, seu poema encanta a alma.
    profunda reflexão!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  26. Boa noite, Amapola

    Meus olhos se encheram de lagrimas com suas palavras. Eu quem agradeço. Obrigada a vc e que Deus abençoe vc e toda sua familia.


    Bjos

    ResponderExcluir
  27. Você não é turista, mas uma viajante que tem destino certo e sabe aproveitar suas experiências para crescer e chegar mais forte. lindo poema!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Boa noite querida amiga!


    Quanta leveza,nesse passeio
    Dentro de sua alma.
    Tua poesia tão exuberante
    Quantos as flores que aprisiona
    O seu olhar!
    Lindo!
    Um abração!

    ResponderExcluir
  29. E somos uns eternos viajantes Amapola, e nesta viagem vamos cokhendo as coisas que mais nos aproximam da nossa realidade.Há uma saudade sempre a nos espreitar com lembranças tantas.Bela sua inspiração com sensibilidade alta.Meu terno abraço de paz e luz.

    ResponderExcluir
  30. Muito lindo seu poema, parabéns.Beijos

    ResponderExcluir
  31. Querida Amapola(nome lindo),sempre tive esta impressão,de ser uma artista representando um papel que não me pertencia,e ,você, hoje me fez sentir a sensação de ser turista em meu mundo...sempre estamos sentindo uma nostalgia de outros tempos...outras vidas???Amo o que vc escreve...bjssss,Leninha.

    ResponderExcluir
  32. Estamos de passagem, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  33. Minha querida, já falei a você que seus relatos e seus poemas são lindos, mas é a forma como você escreve. Para mim é uma delícia chegar aqui e ler você. Sempre refrigera-me a alma.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Querida amiga, realmente somos turistas nessa viagem chamada vida. Temos que estar sempre preparados para a hora da partida. Beijocas

    ResponderExcluir
  35. Lindo querida, saudade de você!
    Bjinhos com carinho

    *Simone*

    ResponderExcluir
  36. Nas paisagens e sons da vida,,,tudo que se move é um alvo,,é poesia,,é rima de amor e coração...temos que estar atentos a tudo...grande beijo de bom dia...

    ResponderExcluir
  37. Bom dia,Amapola!!

    Que lindo!!!!Maravilhosa poesia...linda maneira de ver.
    Beijos pra ti querida!!

    ResponderExcluir
  38. Oie querida!
    Mto obrigada por seu comentário, fico muito feliz com suas palavras e seus votos positivos
    Isso me alegra de montão!

    Super beijo
    Sucesso ;*
    www.bruhworspite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Bom dia!!

    Onde descemos, em que estação pedimos para descer?

    Somos turistas brincando de esconder!

    Alguém esqueceu de marcar o mapa da vida.

    Um beijo enorme- espero por vc no Alma!

    ResponderExcluir
  40. "Nessa vida me sinto turista
    Não há sequer um momento
    Nem mesmo uma leve visão
    Que não fiquem bem marcados
    Dentro do meu coração
    ...
    Minha paixão pela música
    Parece até fixação
    Eu a ouço nos ouvidos
    Mas nota por nota circula
    Nas veias de todo meu corpo
    Fazendo pulsar meu coração"

    Palavras para quê? AMEI! :)

    ResponderExcluir
  41. Oi, Amapola, não sei dizer ao certo, mas identifiquei mais do que um poema.... tentei decifrar, mas não consegui e no final conclui: é comigo. são as histórias que se repetem. amei o que vc escreveu.

    bjoss

    ResponderExcluir
  42. LINDO POEMA AMAPOLA.
    QUANTA SENSIBILIDADE!
    QUANTO AMOR À NATUREZA.
    BEIJO.

    ResponderExcluir
  43. Sabe que suas poesias me emocionam tanto...Esta poesia de hoje me fez voltar a tantos erros que cometi, Acreditar e não sentir retorno.Memórias de uma simples Maria que para mim, dizem tanto ,deixam tantos aprendizados;Sua alma é abençoada.
    um beijo Amapola e JAMAIS deixe de escrever suas hitórias lindas..

    ResponderExcluir
  44. Amapola(lindo nome)querida,sobre seu poema,já comentei,agora estou aqui prá lhe dizer da alegria que me dá,toda vez q deixa um comentário no meu cantinho.Bjssssss,Leninha.

    ResponderExcluir
  45. ...E o seu poema me enfeitiçou!
    Amada, que coisa mais linda de se ler!
    É sempre um imenso prazer estar aqui com você!

    Carinhos pra ti, viu?
    Beijos

    ResponderExcluir
  46. Amapola,sempre uma bela poesia!Ser um turista da vida tem seu lado bom,pois vê as coisas todas como novidades,tudo é bonito e diferente!O lado ruim talvez fique por conta de uma certa inocencia em acreditar mais na bondade do mundo!Adorei sua poesia!Bjs,

    ResponderExcluir
  47. Bela visão...turistas da vida...e é bem verdade estamos sempre a ver e a aprender coisas novas...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  48. irmã queridaaaaaaaaaa,

    Ando tão enrolada com o tempo que ficar sem passar aqui, meu dia não flui.
    Sinto falta de te deixar meu abraço de bom dia, boa tarde, boa noite.

    Um beijooooo irmã que amo!

    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  49. Olá Amapola! Passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações. Lindo poema. Adorei!

    Com certeza aqui voltarei mais vezes, pois, além de teres um espaço muito interessante e bastante aconchegante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

    Beijos e muita paz pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  50. Maria, simplesmente belo...assino embaixo de todos os comentarios aqui deixados para ti e só acrescento: Turistas ou nao, estamos aqui por algum motivo, alguma missao e precisamos orientar-nos para qual caminho seguir a fim de nao sermos apenas turistas, mas viajantes que um dia, com certeza, iremos para um lugar maravilhoso ao lado de DEUS nosso senhor...e o que acredito fielmente!Bjin e fique com DEUS!

    ResponderExcluir
  51. Ouxi Amapola, obrigada pelo seu lindo comentário, e tentar se colocar no lugar de uma "turista", literalmente hehe
    Eu costumo brincar que hoje em dia virei sem terra, e que carrego no coração todos os ensinamentos dos lugares por onde passei, e das pessoas que por mim passaram... meu último post nada mais foi que isso, nem eu posso mais criar vínculos tao fortes de amizade, porque nem eu sei o quanto isso poderá durar. E despedida é tao ruim...

    E você tem razão, a internet é um meio onde sempre iremos nos encontrar, porque tem endereço fixo, no nosso caso, nossos blogs. Eu me sinto feliz e abençoada em ser visitada por pessoas especiais feito você, e poder estar aqui também compartilhando suas histórias lindas.

    Mais uma vez obrigada e que Deus te dê uma vida longa e abençoada, minha querida!

    Tenha uma bela sexta-feira!!!!!!

    ResponderExcluir
  52. Um maravilhoso final de semana pra ti querida amiga,,,muita poesia,,,carinho e paz...beijos e beijos..

    ResponderExcluir
  53. Que lindo amiga
    Parabéns, estou deslumbrada com essa poesia...
    Não somos daqui mesmo, Deus nos criou com um propósito, precisamos cumprí-lo antes de retornar..
    bjokas

    ResponderExcluir
  54. Muito legal! Gostei demais, do seu poema.
    Identifiquei com suas palavras, com seu poema...

    Que voce tenha um excelente resto de sábado e um feliz domingo.
    Beijos

    ResponderExcluir