sábado, 14 de maio de 2011

FALTA DE DIVERSÃO

FALTA DE DIVERSÃO

O PADRE REZAVA A MISSA
MAS DEPOIS QUE TERMINAVA
JUNTAVAM AS MOÇAS DA ELITE
DA SUA BARRA NÃO LARGAVAM

FICAVA UM MONTE DE GENTE
NO CENTRO O COITADO DO PADRE
AO REDOR AS MOÇAS BONITAS
QUE NÃO O LARGAVAM PRA NADA

TODO MUNDO REPARAVA
MAS ELAS NEM SE IMPORTAVAM
QUEM SABE ERAM MUITO INOCENTES
NÃO TINHAM NOÇÃO DE NADA

ESQUECENDO O CELIBATO
SUA BARRA NÃO LARGAVAM

ELE TINHA VOCAÇÃO
PARA A RELIGIÃO QUE ESCOLHEU
SOFREU MUITA TENTAÇÃO
PARECE QUE TODAS VENCEU

NUNCA LARGOU A BATINA
E CONTINUOU SERVINDO À DEUS


12/01/2006

51 comentários:

  1. Oi amiga
    Esse padre é de fé
    Venceu a tentação
    bjsss

    ResponderExcluir
  2. Servir a Deus e ao amor.
    Já vi esta história.
    Beijos e boa tarde Amapola!
    Carla

    ResponderExcluir
  3. Amiga,

    esse padre é um "conto" mesmo! Apesar de que acredito ainda existam os que nao se divertem, ainda mais com tantas evidências de um fim apocalíptico breve...

    * O dia que eu conseguir visitar Graceland, terei realmente concretizado um sonho, Amapola!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Querida amiga vencer as tentações nem sempre é fácil.
    Tenha um excelente domingo pleno de alegria e paz.
    “Se cada um dos seus dias for uma centelha de luz, no fim da vida você terá iluminado uma boa parte do mundo.” Osho
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga, hoje em dia os padres andam caindo muito em tentação, eu conheço dois que largaram a batina e se casaram...e foram felizes. Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Bendito aquele que em meio as tentações conseguem manter seu propósito firme e reto, sem desviar!

    Que Deus te guie, Maria!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  7. Amapola, que bom que esse padre não caiu em tentação, ao menos esse!
    Um bjo grande pra ti ;)

    ResponderExcluir
  8. Ele venceu a tentação , coitado! mas elas, danadas,heim?rsrs beijos,chica

    ResponderExcluir
  9. Que lindo menina Maria!!!
    Dificil não é mesmo??? Mas, o que vence é o propósito no coração...ele é capaz de suportar toda tentação e vencer!!!
    Lindo...amei!!!beijo grande***

    ResponderExcluir
  10. Devia ser mesmo um padre de fé , muita fé.
    Sei da cada caso lá da minha cidade....Bem diferente..
    Boa noite . bjs. Edna.

    ResponderExcluir
  11. Vai saber!!! rs rs
    Vida de Padre não é fácil!!!

    ResponderExcluir
  12. Muito bacana, o poema.
    As tentações são grandes, mas a fé e o amor pelo caminho que escolheu seguir devem sempre ser maior.

    ResponderExcluir
  13. Minha irmã,

    Me fez me lembrar de um acontecido na minha cidade, onde morei até meus 17 anos (uma cidade pequena do interior).
    Teve um padre ali que largou tudo por um grande amor.
    Casou, teve filhos, foi crucificado pela cidade (Ao menos pelas mentes mais pequenas), e foi ser feliz, amando a Deus acima de tudo.
    Me lembro que na época, me deu vontade de dizer:
    Quem vai atirar a primeira pedra?
    Eu acho que os padres deveriam se casar sim, mas quem sou eu pra ir contra a lei da igreja?
    Não julgo e nem condeno.
    Um padre, é acima de TUDO, um homem.
    Muitos conseguem seguir suas vidas nesse propósito, mas infelizmente o que temos visto nas TVs é a onde de pedofilia entre os padres.
    Enfins, algo quem sabe pra ser mudado um dia!!

    Minha irmã querida, maravilha mesmo é ler suas histórias e lembrar do meu passado.

    Um beijo de boa noite irmã queridaaaaa!

    ResponderExcluir
  14. Adorei minha amiga!
    Passando para lhe desejar um bom final de semana!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  15. É... difícil para ele que estava tendo sua Fé posta a prova. Atualmente, pelo menos aqui no Rio, estamos com muitos Padres novos em idade e rapazes lindos, também. Eu sou absolutamente contra o celibato. Acredito que a Igreja deveria rever este aspecto. Minha ex - chefe era casada com um ex-Padre, que até já faleceu. o casamento durou poucos anos, mas para ela foi intenso, pois apesar de separada, quando ele faleceu ela colocou luto. Todo mundo achou "o fim da picada", eu não. Ela estava sofrendo e achava que esta era a maneira de homenageá-lo, e assim fez.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Obrigado pela visita lá no meu blog!
    O seu também é muito interessante!
    Até mais!

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga C.

    Tenho a certeza de que você realizará seu sonho de conhecer Graceland.

    Torço com fé, e a mesma força da paixão que também sinto pelo inesquecível ELVIS PRESLEY.

    Que Deus abençoe você, e todos os seus projetos.

    Beijos no coração.

    Tenha um lindo domingo de paz.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Amapola, Que belo poema!
    Eu sou a favor de se acabar com esse verdadeiro martírio com os padres. Acho que (apesar dos cânones religiosos) é muito peso humano para uma pessoa. Deveria ser opcional o celibato. Deus não criou essa proibição, pelo que eu saiba. Desculpe se firo seus preceitos religiosos, é uma opinião apenas. Meu abraço e um ótimo dia. paz e bem.

    ResponderExcluir
  19. Querido amigo Cacá.

    Eu também penso assim. Acho que servir a Deus não é desistir da vida. Acho o celibato uma punição prévia que fere a própria essência da vida.

    Esse poema é porque refere-se à década de 50 e 60. Naquele tempo eu era criança, e até respirar era pecado.

    Mas parece que elas eram peraltinhas mesmo, porque aquele padre era lindo e jovem. Quando ele fazia o sermão da sexta-feira da paixão, sua voz se embargava ao citar Jesus Cristo. Ele chorava e nos emocionava.

    Aquele assédio todo era mais pernicioso pra ele, do que pra elas, que mais tarde cada uma seguiria o seu caminho. Ele já havia escolhido o dele, dentro das limitações exageradas da Igreja Católica.

    Hoje eu respeito todas as religiões, mas não sou fanática com nenhuma. Para mim, a maior religião está no cotidiano de cada um. É mais atitude que teoria.

    OBS: ESSE PADRE AINDA ESTÁ VIVO.

    Um grande abraço, querido amigo.
    Tenha um lindo domingo de paz.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Amapola!!

    vim te deixar uma lembrancinha.

    Belo domingo pra você!

    ResponderExcluir
  21. Menina... cliquei nessa "lembrancinha" e o que vi? Um bálsamo para os meus olhos, uma nostalgia pelo tempo, e a alegria de vê-lo.

    Obrigada, obrigada!!
    Beijos no coração, amiga.

    Um belo domingo pra você também.

    ResponderExcluir
  22. Firme em seu proposito de vida,,,beijos querida e uma linda semana pra ti.

    ResponderExcluir
  23. Irmã querida,

    Passei aqui pra te deixar um abraço de domingo!
    Como não gosto muito desse dia, vou é dar uma bela cochilada rs, que o tempo tá frio e propicio rs.

    Beijooooooo amada.
    Como é bom compartilhar tudo da minha vida com você!!

    ResponderExcluir
  24. Gostei demais por ele não ter se rendido às tentações! Belíssima escrita, parabéns e tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir
  25. AMAPOLA,
    ESTE PADRE , SEM DÚVIDA, É DAQUELES RAROS CONVICTOS DE SUA OPÇÃO RELIGIOSA.
    TENHA UM EXCELENTE FINAL DE DOMINGO.
    BEIJO.

    ResponderExcluir
  26. Pois é amiga, estas coisas acontecem normalmente e constantemente e não é mole resistir a tanta tentações, haja visto os casos que noticiam.Belo poema amiga.Bela semana e tudo de paz e luz.

    ResponderExcluir
  27. Amapola,

    Gostei bastante do seu blog , por isso eu sigo!

    Aproveito e convido você a visitar o meu blog
    meueuincognito


    Um grande abraço,

    Srta G

    ResponderExcluir
  28. Naquele tempo, querida, as moças só rodeavam os padres. Creio até que, de certa forma, o faziam para se mostrar, sem intenção de assédio. Hoje, os padres têm que possuir uma grande vocação mesmo, porque não há respeito por sua escolha. Já ouvi o Padre Marcelo falar sobre o assunto. Posso imaginar o quanto tem que se esquivar. Lindo poema!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  29. No Pai Nosso diz-se: não nos deixei cair em tentação.....Tentação sempre vai estar por aí.Quem tem vocação é que vai poder dizer ....Livrei-me do mal...AMEM!
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Saudade é um pouco como fome.
    Só passa quando se come a presença.
    Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco:
    quer-se absorver a outra pessoa toda.
    Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é
    um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.
    Clarice Lispector
    Uma feliz semana beijos ternos e carinhosos,,Evanir
    www.aviagem1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. E aqui torcendo por um amor lindo que ele tivesse tido e largasse tudo por ela rs.Ai como eu queria que acabasse esse martirio dos padres (celibato)
    beijo Amapola!uma semana linda

    ResponderExcluir
  32. Hummm...já não há padres assim...a maioria não é oadre por vocação...mas sim por profissão...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  33. Olá!
    Adoro os seus post.
    Sempre vem com grandes emoções em suas leituras!
    Querida a minha vó melhorou :D
    Estamos super confiantes agora, muito obrigada pelo seu apoio.

    Beijos
    http://bruhworspite.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Olá Maria, ou Amapola?
    obrigada pela visita tão carinhosa. Já vim aqui conferir e gostei muito do pouco que li.
    volto outra hora com mais tempo.
    Ser mineiro é um privilégio, pode acreditar.
    Não sou, mas acho que Deus cometeu algum engano, porque era para eu ser...
    beijo e obrigada.

    ResponderExcluir
  35. Fico angustiada em pensar que na realidade a igreja não permite que os padres se casem, apenas como forma de não repartir o dinheiro da igreja.
    Acredito sim, que ha àqueles que nasceram para o celibato, mas não concordo que padres não devem se casar.
    De qualquer forma, esse padre é uma raridade...

    ResponderExcluir
  36. Gostei do verbo "fartar". Se fartar de amor, e de tudo de bom que existe nessa vida!!!

    Beijinhos de cá!

    ResponderExcluir
  37. Maria que história, realmente antigamente era assim...Só cae em tentação quem não tem verdadeira vocação.Parabéns xará.

    ResponderExcluir
  38. Oi!

    Obrigada por seguir o meu blog! Retribuirei a gentileza.^^

    ResponderExcluir
  39. Maria,
    Esses lances acontecem corriqueiramente. O segredo é se manrer na sua e não se deixar levar....
    Bjkas e uma semana abençoada pra você, minha flor!

    ResponderExcluir
  40. Olá amiga
    Esse realmente era vocacionado, pois não se deixou levar pelas tentações rsrsrs
    Tenha uma boa semana
    Bjux

    ResponderExcluir
  41. Minha querida

    vencer a tentação, é o maior desafio dos padres, como sempre os teus poemas são pedaços de vidas.

    Beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  42. oi minha querida,
    cheguei,
    e vim agradecer por todo o seu carinho,
    e dizer que amanhã você está no somente amor,
    é dia de festa!!

    muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  43. Oi, Querida, Amapola, a vocação é um dom que precisa ser lapidado... mas as inocentes nem imaginavam que tentação representavam.

    bjosss

    ResponderExcluir
  44. Com certeza era um homem de grande força de vontade e determinação acerca da própria vocação.Vemos no dia a dia exatamente o contrário e por toda a parte.
    Amo as histórias Maria!

    ResponderExcluir
  45. Um grande beijo e o desejo que voce tenha um lindo dia minha amiga querida...

    ResponderExcluir
  46. É raro, mas existem pessoas assim, graças a Deus.

    Bjs

    ResponderExcluir
  47. Eis, um homem de propósito firme.

    Vim agradecer a sua visita e dizer que meu poema é uma homenagem pra ti, com certeza!

    E já estou seguindo-te, com enorme prazer!

    Grande beijo!!!

    ResponderExcluir
  48. Maria,uma história que mal dá pra acreditar com o jeito que as coisas andam hoje em dia!Ficou bem divertido seu poema!Esse não tinha lido ainda!bJS e boa semana!

    ResponderExcluir
  49. Nossa....ahhh essas meninas...
    Adorei o poema amiga..
    coitado do padre, as vezes esquecemos que ele não passa de um homem...
    bjokas

    ResponderExcluir