quarta-feira, 23 de março de 2011

NAMORO À MODA ANTIGA

NAMORO À MODA ANTIGA


Nas noites de fim de semana
As moças se produziam
Iam pro jardim da praça
Só pra arranjar um marido

Discretas, ruborizadas
Andavam naquele passeio
De braços com as amigas
Ficavam o tempo inteiro

Várias vezes passavam
Perto do seu pretendente
Num flerte bem comportado
Sorriam alegremente

Muitas tiveram a sorte
De ali mesmo conquistar
O homem que pela vida
Iria lhes acompanhar

12/01/2006

68 comentários:

  1. Lindo! E era bem assim mesmo...Boas recordações...beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Que bonito.
    Agora é tudo mais à descarada... :)

    *beijinho

    ResponderExcluir
  3. Oi querida...
    Lendo este belíssimo texto nem consigo imaginar esta cena nos dias de hoje. Outro dia assisti na Tv uma matéria sobre jovens e baladas e uma menina de 14 anos disse o seguinte: Já beijei vinte e ainda não sei com a noite vai terminar.Neste tempo uma menina de 14 anos brincava de boneca.Tudo bem, alguém vai dizer que os tempos mudaram...Acho mesmo isso, mas acho também que mudou para muito pior e o que mais me aflige e saber onde tudo isso vai dar.Adoro romance, olhar o céu, contar estrelas e vejo este novo tempo, como o tempo do tempo perdido onde ninguém é de ninguém.
    Maravilhoso este seu poema, é de suspirar...
    beijos de boa noite

    ResponderExcluir
  4. Que ótimo!
    Me vi nos meus tempos dos passeios na praça principal, depois das missas do domingo.
    Era assim mesmo.
    Se tinha um namorado era ali mesmo que passeava prá lá e prá cá .
    Meu príncipe não estava lá e ......
    Um grande bj amiga . Edna

    ResponderExcluir
  5. Olá minha amiga
    Era desse jeito mesmo, as coisas eram mais veladas, e por isso; muito mais emocionante a conquista.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Oi, Amapola, muito charmoso esse tempo que vc retratou tão bem.
    ia dizer, algo parecido com que a Néia, disse, então faço só a referencia.
    Boa noite.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Amapola,


    Como era singelo as insinuações à conquista, tudo tão lindo como o poema!


    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  8. Namoros cheios de suspiros...
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  9. Era bem assim mesmo. outros tempos, tempos de inocência e esperanças...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Amada,

    Eu sinceramente gostaria te ter vivido esse tempo.
    E queria que ele durasse pra sempre.
    Eu não vejo essa libertinagem de hoje com bons olhos.
    Tudo fútil demais. Que pena.

    Um abraço imenso minha irmã.

    Obrigada por me ouvir, sempreeee!

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkk...já vi esse filme Amapola.
    E aqueles casamento davam certo por toda a vida....kkkkk
    Na minha cidade passeavam rodando a praça...até eu rodava de braços dados com o namorado...kkkkkk
    Beijos,
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  12. boa noite amiga...

    saudades de um tempo quando o valor estava nos sentimentos,
    e não nas contas bancárias ou nas esteiras das academias...


    é prá pensar...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Lindo o seu versejar e muito verdadeiro... Era exatamente assim e não era todo dia não...Parabéns, tens uma facilidade enorme de colocar no papel exatamente o real, de uma forma lírica e poética.

    ResponderExcluir
  14. Olha que lindo! Nem conheci essa época e esse tipo de namoro, mas desde novo que tenho um pézinho no passado e nunca me acostumei com o chega-e-agarra de atualmente...

    Na verdade... todas as mulheres que passaram pela minha vida foram conquistadas de uma forma quase que à moda antiga... ^^

    ResponderExcluir
  15. Bom dia !!

    E tão dificil falar , porém acho que o amor de verdade não mudou . Levava meu cachorrinho na praça para paquerar , ver e ser vista , muitas vezes. Nunca arrumei nada ! Um dia em um desfile de moda conheci meu marido , naquela noite dei-lhe o primeiro beijo . Isso vai fazer ¨30 anos !! Estamos casados há 25 !!

    Quando o amor lhe pega de verdade ... é simplesmente amor !!

    Um lindo dia !! Beijos !!!

    ResponderExcluir
  16. O lugar da conquista só mudou de lugar nao é, porque a intenção continua a mesma! rs

    Apesar que, acredito que antes pairava uma certa ingenuidade gostosa no ar, que fazia os namorados serem mais românticos, cuidadosos. As relacoes bem fundamentadas sempre me chamaram mais a atenção. E essas agora da minha geração deixam muito a desejar...

    # Beijinhos no coração querida, muito fofo esse verso.

    ResponderExcluir
  17. Querida Amapola, Amiga sempre....

    Costumamos dizer que os tempos mudaram. O tempo até pode ter mudado em sua velocidade, mas quem mudou não foi o tempo. O ser humano mudou e mudou muito e mudou pra pior em muitas coisas.
    Hoje, uma garota de doze, treze, catorze anos sai para a "balada" "fica" com vários meninos, beija todos, bebe muito e volta pra casa como a sensação de que a noite foi "demais".

    Triste, né?
    E isso é rotina de vida, de turmas, de finais de semana. E a pergunta não cala: onde estão os pais? Por mais dofícil que seja, precisa haver um equilíbrio e ... educação e orientação podem mudar o planeta!

    Bons tempos, bons homens e mulheres.....rs

    Beijo grande, minha Querida!
    Todo carinho de sempre e que sua semana seja linda e abençoada!

    ResponderExcluir
  18. Que lindo, to apaixonadaaaaaaa...
    mas é muita coincidencia não, o amor das nossas vidas aparecer justamente na nossa vida.

    ResponderExcluir
  19. Às vezes bastava uma troca de olhares, nesse aspecto eram bem melhores esses tempos, acho que o namoro destes tempos de agora, perdeu aquela magia que existia naquele tempo.

    Um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  20. Amapola querida parabéns!
    É de namoro às antigas que o mundo está precisando. Do jeito que está tudo liberal, o respeito, o amor e o encanto estão em perigo de extinção.
    Beijos,
    Carla fernanda

    ResponderExcluir
  21. E hoje os tempos são andam tão diferentes ... Seguindo você, beijos!!! *-*

    ResponderExcluir
  22. Que bom que gostou tanto da poesia. =)
    Na verdade até eu me espantei de como ela ficou boa... geralmente eu não escrevo tão bem, sério.

    Raramente sai algo tão profundo...

    Não sei se falei, mas passei a te seguir também. =)
    Beijos. ;*

    ResponderExcluir
  23. Querido amigo Fie.

    VOCÊ FALOU COM O OLHAR.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  24. Querida amiga Amapola,acabei de chegar do exame,passei a tarde toda para conseguir realiza-lo,as minhas pupilas não queriam cooperar rsrs
    Só receberei o laudo na quarta feira,o medico adiantou que estou com um pequeno edema em ambos olhos,o meu médico me atendera na quinta e decidirar o tratamento.
    Obrigada mais uma vez pelo carinho e atenção Lindissima Amapola!
    Um grande abraço,beijo no coração
    Celina

    ResponderExcluir
  25. Alguns aspectos ainda podem ser vistos, mas de forma diferente...

    ResponderExcluir
  26. Doces e lindas recordações... Pena que esse é um tempo que não veremos mais né amiga...
    Aplausos a ti minha linda!!!

    *Amiga querida, perdoe-me pela ausência em sua página,
    é que estou tento muita dificuldade com a conexão da internet...
    Está sempre caindo, e quando conecta, está muuuuuito lenta!
    Mas sempre que der estarei aqui com imenso prazer!

    Deixo carinhos meus pra ti, viu?
    Beijos
    Flor da Vida (Suelzy Quinta)

    ResponderExcluir
  27. Boa noite, Amapola
    Tempos bons que não voltam mais.
    Com certeza era muito mais emocionante que hoje.
    É, o ser humano mudou e muito.
    Bjo

    ResponderExcluir
  28. Minha querida

    Um lindo poema que descreve na perfeição o que eram os namoros à moda antiga, adorei e deixo um beijinho com carinho.

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  29. Que delícia seu blog! Depois de ter lido tudo por aqui fico até envergonhada com o que você encontrou no meu cantinho. Orgulhosa de ter você como seguidora!
    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  30. Oh, tempo bom, Amapola. Beijos e obrigado por nos resgatar uma época de glamour.

    ResponderExcluir
  31. Oi Amapola...Vim agradecer o carinho perfumado que vc deixou lá no Solidão de Alma...
    Deixo aqui, registrado, meu carinho pela sensibilidade da sua poesia. Um beijo querida, volte sempre, obrigada pelo olhar de ternura.

    ResponderExcluir
  32. Oláa!1

    Sabe que mesmo eu chegando agora, o meu antigo não é tao antigo assim...rs
    Enfim.. mesmo assim, confesso gostar da gentileza que era, o sentar na varanda, o namoro no sofá, tomar sorvete vigiado pelio irmão caçula... rs enfimm.. eu faço parte da turma da moda antiga!

    Beijo enorme nos encontramos no Alma.

    ResponderExcluir
  33. Olá Amapola.
    Um poema que traz recordações de tempos em que tudo era mais romantico e proibido.
    Mas era melhor.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  34. Rs rs.. eu acho muito legal minha avó contando as coisas dessa época.

    Não sei se hoje eu digo: Ainda bem que as coisas mudaram ou infelizmente não é mais assim.

    Adorei a poesia.

    Tenha um lindo fds, minha amiga.

    Beijão..

    ResponderExcluir
  35. Lindas recordações,,,nostalgia da vida...grande beijo de bom final de semana pra ti querida.

    ResponderExcluir
  36. Olá e ai como vai?
    Adorei o teu blog.
    Esse texto alias,me lembra o que muitos me diziam sobre como era amar antigamente.

    Estou seguindo.
    Beijos e um otimo fim de semana
    ..........................

    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  37. Esta é uma das cenas mais românticas que tive (tivemos) o privilégio de conhecer. Infelizmente não se tem visto mais. No entanto, a poesia as eterniza com graça e emoção. Lindo, Amapola! Abração. paz e bem.

    ResponderExcluir
  38. Tenho mania de passado - difícl admitir, mas o é -, por isso considero isso o melhor: Namoro a moda antiga.
    Bjus,
    K.

    ResponderExcluir
  39. Nesta época as emoções eram fortes só em pegar na mão.
    Hoje não se tem emoção nem depois de muita intimidade.( algumas exessões).
    Um belo final de semana. Bjs Edna.

    ResponderExcluir
  40. Querida, grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

    A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
    a lua torna-se mais cheia e resplandecente
    a noiva da colina asperge um suave perfume
    espalhando no ar o seu chamado envolvente.

    Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
    vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
    rua do porto, engenho central, repúblicas....
    nada passa despercebido ao clamor lançado.

    ResponderExcluir
  41. Amapolala amiga passei para te deixar um beijinho.
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  42. Era tão bonita essa época.
    Era tudo tão mais delicado.
    Poema gostoso de ler este seu.

    Passear por aqui é sempre muito bom.

    Beijo*

    ResponderExcluir
  43. Olá!
    Venho até aqui pedir a sua atenção para um assunto sério e que com a união e participação de todos poderemos salvar vidas.
    Eu e o meu amigo Milton Kennedy, resolvemos nos unir em prol de uma campanha sobre a doação de medula óssea e contamos com todos os amigos da Blogosfera para divulgá-la.
    Você poderá nos ajudar?
    Desde já agradecemos...
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  44. que lindo, Amapola... tão raro os namoros começarem assim hoje, né? primeiro passam pelo facebook ou orkut, depois correm logo pra cama! socorro!!! veja meu outro blog também, este de poesia: http://isabelle-obeijodaborboleta.blogspot.com/
    bjs!!!

    ResponderExcluir
  45. Oi, amoura, tenha um bom dia...

    Lá no meu ultimo texto eu errei uma palavrinha que deu a entender que eu estava falando do amor, mas eu já concertei e expliquei nos comentários.. rs rs.

    Beijinhos.. vou dormir que eu passei a noite em claro hoje.. rs.

    ResponderExcluir
  46. Boa tarde !!

    Passei para deixar um grande beijo !!
    Agradecer a visita !!

    Esqueci de dizer o cara era mal intncionado !! Coitadinho !! ah !!

    Um grande final de semana !!

    ResponderExcluir
  47. Pois é, eu sei bem o que foram esses tempos.
    Acredita que meus pais não deixavam usar
    fato de banho? Só o consegui depois de
    casada...E usar calças o mesmo. Realmente
    mudou muita coisa.
    Bj.
    Irene

    ResponderExcluir
  48. Olá Amapola,
    que texto mimoso!
    Cheio de charme e candura.
    Que bom se essa sensibilidade ainda existisse.
    Gostaria de ter presenciado esse tempo.

    Beijo.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  49. Desculpe a demora em retribuir sua visita ao meu Blog, estou iniciando na Blogosfera, visitei os seus outros Blogs,estou lhe seguindo.
    Amei recordar os namoricos do passado.
    Muita paz para você,
    abraço
    Luz

    ResponderExcluir
  50. Quem viveu tal tempo tem maravilhosas lembranças.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  51. Querida Amapola!

    A magia daquele tempo era o sabor da conquista, do mistério e da descoberta pouco a pouco...
    A nova geraçao desconhece e procura o "encanto"!
    Em forma de versos encantou-nos.

    Beijos encantados.

    ResponderExcluir
  52. Os sentimentos e as reações eram muito mais intensas.
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  53. Olá, amiga!
    Muito diferente!...
    Bom fim de semana!
    Tudo de bom!!!
    Beijinhos.
    Minas°º♫♫
    ✿ܓܓ♫♫
    °º
    •*• ♫♫° ·.

    ResponderExcluir
  54. Amada,eu já comentei aqui.
    Creio que ñ percebi que meu comentário ñ tinha ido.
    Os namoros de antigamente estão exatamente ligados ao que a Sônia falou,nem é preciso dizer mais nada né minha flor.
    Um exelente sabado minha florzinha.
    Obrigado pelo carinho da visita.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  55. QUERIDA AMAPOLA, QUE TEMPOS BONS AQUELES TUDO ERA MISTÉRIO EM TORNO DO AMOR, OS NOSSOS PAIS SEMPRE VIGILANTES NÃO QUERIAM VER A FILHA [FALADA], ATÉ O TOQUE DAS MAÕS NOS DEIXAVA COM UMA SENSAÇÃO GOSTOSA E OS BEIJOS ROUBADOS,NOS DEIXAVA INSONE SÓ DE PENSAR, AQUELA SENA ERA REVIVIDA ATÉ O SONO CHEGAR TUDO ERA FANTAZIA NA NOSSA CABEÇA. OS JOVENS DE HOJE PULAM ESSA PARTE, TÃO LINDA E ROMANTICA DA VIDA. QUERIDA AMIGA, AMIGA UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

    ResponderExcluir
  56. Um lindo sabado pra ti querida amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  57. Você iria me adorar de guia turística então, porque eu também adoro esses grandes ídolos da música clássica, um dos meus preferidos é Schubert, e na arte, Van Gogh.

    Bom sábado minha querida!

    ResponderExcluir
  58. E tudo era tão simples e bonito, tanta modernidade enfeiou a coisa.

    ResponderExcluir
  59. Pena que não é mais assim! Era tão lindo, simple, SINCERO *-*

    ResponderExcluir
  60. É este "vai não vai" no jogo de sedução, que emociona!Hoje, perdeu-se este encanto e o amor ficou descaraterizado!
    Mil beijos
    Graça

    ResponderExcluir
  61. Esse foi o caso de meus pais, que esse ano, vão fazer 60 anos de casados. Lindo e romântico. Beijos.

    ResponderExcluir
  62. Meus pais contam isso, o namoro à distância, o olhar furtivo, e as espiadas nas danças em quermesses de igreja... Hoje é tudo mais aberto, mas creio que eu não me adaptaria, já cresci com a paquera mais descarada, com o flerte, é uma questão de costume.
    Lindos versos!
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  63. Pelo jeito antigamente era muito + facil!
    kkkkkkkkk
    adoro poemas, amei seu blog, obrigada pela visita, volte sempre que quiser!
    estou seguindo, eu também tenho outro blog esse só de poemas da uma passadinha lá e se gostar me segue!
    beijinhos colloridos!
    http://wwwparedescolloridas.blogspot.com
    http://meumundopinknaotaoperfeitoassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  64. Verdade.
    Eu tenho 13 anos mas tenho a total noção de que praticamente tudo 'a moda antiga' é melhor...Queria ter alguma coisa boa do meu tempo para lembrar daqui a alguns anos,mas parece difícil...
    Lindo post :D

    ResponderExcluir
  65. O ruim é viver o amor a moda antiga nos dias tão moderninhos de hoje né rs

    Beijos da Flor

    ResponderExcluir