terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O ANDARILHO


Meu pai, logo após o término da revolução de 1932

O ANDARILHO

ERA COMUM EPISÓDIOS ASSIM
DEBAIXO DA LUZ DO LUAR
MEU PAI TRAZENDO COM ELE
UM ANDARILHO EM FARRAPOS
QUE ENCONTROU EM ALGUM LUGAR

ENTRAVA SORRINDO EM CASA
COM A MÃO SOBRE O SEU OMBRO
COMO SE FOSSEM CONHECIDOS
OU MESMO DOIS GRANDES AMIGOS

DEPOIS DIZIA BEM ALTO:
LUZIA ! VENHA CÁ...
TRAGO ESTE VIAJANTE CANSADO
QUE TEM SEUS PÉS CALEJADOS
DE ANDAR POR ESSES LADOS
DE REGRESSO AO SEU LAR

É MEU CONVIDADO DE HONRA
PREPARE ENTÃO PARA ELE
UMA GRANDE REFEIÇÃO
QUERO VE-LO DESCANSADO
COM MUITA SATISFAÇÃO

MINHA MÃE PREOCUPADA
CHAMAVA MEU PAI NUM CANTINHO
E DIZIA BEM BAIXINHO:
AFONSO! SEJA CAUTELOSO...
E SE ESSE TRANSEUNTE
FOR UM HOMEM PERIGOSO?

NÃO PRECISA SE PREOCUPAR
É SÓ UM POBRE FAMINTO
QUE HÁ MUITO LARGOU SUA GENTE
INDO PRA TERRAS DISTANTES
PARA A VIDA MELHORAR

DEIXOU MULHER E MUITOS FILHOS
LÁ NO NORTE A LHE ESPERAR

TRISTE ELE ESTÁ COM A VIDA
SEUS SONHOS VIRARAM FRANGALHOS
HOJE SE SENTE ENVERGONHADO
PORQUE VAI LEVAR PRA FAMÍLIA
O SABOR DE UM FRACASSADO

PRA PASSAGEM, DINHEIRO LHE ARRUMEI
AMANHÃ CEDO, BEM CEDINHO...
ELE PÕE SUAS TRALHAS NAS COSTAS
E NO PRIMEIRO TREM DE FERRO
SEGUE SEU CAMINHO DE VOLTA

LUZIA, POR COINCIDÊNCIA...
ELE É CONTERRÂNEO MEU
FALOU MUITO SOBRE A BAHIA
EM ILHÉUS ELE NASCEU

TEM SAUDADES DAQUELAS PRAIAS...
DO SABOR DO ACARAJÉ...
JÁ FEZ ATÉ CAPOEIRA...
NO BOM JESUS ELE TEM FÉ

PARECE UM VIAJANTE ERRANTE
MAS SEUS OLHOS SE TRANSFORMARAM
EM DUAS PEQUENAS ILHAS BRILHANTES
AO LEMBRAR DO FOLCLORE DO NORTE...
DO SENHOR DOS NAVEGANTES...

FEZ ATÉ UM JURAMENTO ASSIM:
QUANDO CHEGAR NA BAHIA
DE JOELHOS HEI DE SUBIR
TODA AQUELA ESCADARIA
DA IGREJA DO BONFIM

06/02/2007



89 comentários:

  1. Queridos amigos:
    Eu já postei esse episódio antes, e os muitos comentários eu agradeço e prezo demais. Todos estão conservados lá no começo desse blog.

    Um abraço apertado!!

    ResponderExcluir
  2. Olha, que maravilha você nos contou. Trouxe-nos a história de seu pai fazendo o bem,acolhendo, em versos muito bem tramados. Parabéns,Amapola. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Teu pai mostrado na sua inocência e bondade. Tua mãe poderia ter razão com os cuidados que deveria ter. Lindo poema de quem acolhia e nada temia.Confiava apenas! beijos,tudo de bom, obrigado pelo carinho lá no NENO,meu netinho, chica

    ResponderExcluir
  4. Ola amiga
    Lindo poema, linda estória, lindo o coração de seu pai. Homens como ele, por certo hoje já não existem mais.
    Bejux

    ResponderExcluir
  5. Oi querida amiga agradeço a sua visita e o comentário gentil. amiga que versos tão lindos faz uma bela homenagem ao seu pai, que ao meu ver e o seu heroi, digo isto porque o meu foi tudo para mim, esta passagem faz me lembrar dele.Vou passar uns dias afastadas,devido uma cirurgia na vista, mais a minha filha estará aquí. A cirurgia será amanhã, as oito e trinta. Um abraço lindissima Amapola. Celina

    ResponderExcluir
  6. Minha Amiga Querida, vc é uma poeta de mão cheia; ou melhor: sempre de coração repleto de coisas lindas para nos tornar menos vazios.

    Isso fez-me lembrar minha infância. Morava numa rua tranquila e sempre que passava alguém pedindo comida, minha mãe fazia um prato, mandava sentar no jadim do prédio que morávamos ( era um prédio pequeno de tr~es andares, muito pitoresco) e ficava ali, com a pessoa, ouvindo a história, querendo ajudar mais. Minha irmã e eu, corríamos para casa procurando roupas e o que achávamos "importante" para darmos para o "pobrinho".
    Quantas vezes, o "pobrinho" deixou-nos heranças maravilhosas e partiu com tão pouco!

    Seu pai foi especial !
    Hoje, vivemos o terror do desconhecido. O medo de não saber quem é quem e quantas vezes, dormimos com o inimigo e aquele que nos parece o "perigo" é apenas um "pobrinho" pedindo realmente um prato de comida.

    Minha querida, seus textos são sempre cheios de coração, ternura. Marcas que vc leva vida afora.
    Venho aqui e sinto-me em casa. Todas as vezes que leio vc, sinto paz, mesmo quando o texto pode ser um pouco dolorido...rs
    Obrigada por vc!

    Beijo grande e todo meu afeto de sempre!

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga, espero em Deus que tudo já esteja normalizado por aí. Fiquei encantada com o seu Poema que conta a história de um homem bom - seu Pai. Linda a história e lindo seu amor e admiração por ele. Agora sei porque és assim, delicada e terna com todos.

    ResponderExcluir
  8. Eu já li sim e o achei fantástico.
    Amada, vc ñ me falou de sua mãe,ela esta melhor?
    Obrigado pela presença constante no meu blog,fico imensamente feliz.
    Beijos minha eterna amiga.

    ResponderExcluir
  9. vim dar notícias do estado da Nira
    http://noticiasdanira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. oi amapola.

    que bom que você postou de novo esse texto poético baseado em fatos reais..rss

    seu pai deve ter sido um grande homem.

    abraços

    ResponderExcluir
  11. 93 anos!!!
    Que maravilha minha linda,que bom que ela vai estar em casa.
    A mime muito ok,é uma fase bastante delicada e um momento que precisamos muito das pessoas e de muito carinho.
    Beijokas minha linda,vai me dando noticias ok.

    ResponderExcluir
  12. em forma de versos contou uma historia linda,
    um grande beijo

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Já estamos seguindo o blog. Aproveitamos para parabeniza-la pelas excelentes postagens.
    Um grande abraço do tamanho de São João Batista-MA

    Jailson Mendes
    Agência de São João Batista-MA
    www.agenciadesjb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Muito obrigada pela visiinha lá no Blog
    Tenha uma boa noite e tudo de bom
    Lambeijos e Ronrons de
    Pepi e Xixo

    ResponderExcluir
  15. Queridaaaaaaaaaaaaaaaaa.......to rindo aqui. estamos fazendo do nosso blog uma sala de bate-papo....rs
    Adoro isso, porque tudo que vem de vc eu gosto, me faz bem. Acredite que a recíproca do que vc me disse é verdade. Aliás, acho que nós duas sempre sentimos isso uma na outra: uma ternura imensa e um respeito gigante. Junto com isso, veio a adimiração e o afeto.
    Receba minha amizade e meu bem querer.

    Beijos e beijos pra vc, Mulher de Luz !

    ResponderExcluir
  16. Querida Amapola, belas palavras. Elas me trazem força e me fazem acreditar mais nas pessoas porque nesse nosso mundo as pessoas endurecem esquecem do outro. Só pensam no seu eu. E você mostra que o contrário é possível e necessário.

    Um bjo grande da L@ine que te adimira muito.

    ResponderExcluir
  17. Maravilhosa história de seu pai...um belo exemplo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  18. Amapola, primeiro quero agradecer sua carinhosa visita no Acolher com amor. Seu blog e suas memórias tem um paradoxo entre o forte e o sensível. Ao ler esta história de seu pai, me lembrei da parábola da Bom samaritano. Lindo demais pessoas como seu pai. Grande beijo, sigo te!

    ResponderExcluir
  19. Minha amiga Amapola, teu pai é um exemplo de vida e tua homenagem ficou lindíssima.
    Um grande homem como ele, merece nossos aplausos.
    Um abraço afetuoso, bjs.

    ResponderExcluir
  20. Linda tua poesia, Amapola, grande história e que grande coração era teu pai!Parabéns.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  21. Querida Amapola!
    Este lindo poema, emocionante até, de alguém que vai em busca dos seus sonhos, e por lá acaba de encontrar apenas pesadelos, infelizmente esse é um problema de todos os tempos.

    Um beijinho,
    José.

    ResponderExcluir
  22. Oi minha linda amiga, linda história, muito emocionante.
    Obrigada por nos contar.
    Um grande beijo no seu coração amiga!
    *Simone*

    ResponderExcluir
  23. Olá! É gostoso de ler. Tem na poesia o melhor protótipo do ser humano. Isto só existe dentro do poema e de pequenos corações

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. quanto tempo não venho aqui...
    como sempre profunda, hein, amiga...
    bjos

    ResponderExcluir
  25. Volto pra te agradecer e deswejar um lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  26. Llindo e emocionante episodio,,nada melhor nessa vida do que estender a mão,,,dar o pão a quem tem fome,,,descanso ao corpo cansado,,,acolhimento ao semelhante...grande beijo de bom dia pra ti querida.

    ResponderExcluir
  27. Amiga muito obrigada pela visita...amei seu cantinho!!!
    um beijo:)))

    ResponderExcluir
  28. Oi Amapola!

    Que lindo poema! Que história belíssima. Vendo essa foto, me lembrei de meu avô, que foi "pracinha". Ele também combateu na Revolução de 32, e inclusive, me lembro que todos os anos tinha uma bonita homenagem pra ele no Quartel aqui da minha cidade. Me lembro que na última, ele já estava bem velhinho, e minha avó também. Mas ela recitou uma poesia do Guilherme de Almeida inteirinha durante a homenagem. Até hoje choro quando assisto, e esse seu post muito me lembrou desse casal tão querido...!

    Um beijo

    Carla

    ResponderExcluir
  29. Cara Amapola!
    Fiquei feliz com sua visita no meu blog, e principalmente com o comentário sincero feito por vc.
    Voltarei mais vezes, pois aqui terei com certeza, textos bem escritos e inteligentes para ler.
    Obrigado e um abraço!

    ResponderExcluir
  30. Aqueles eram tempos de maior inocência, onde podia-se confiar nas pessoas. Hoje, infelizmente, atos como esses são raros e até perigosos... Seu pai deve ter deixado saudades!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  31. Oi amiga, venho aqui agradecer todo o carinho e as preces ,Graças a Deus fiz uma ótima cirúrgia, só que tenho que repousar bastante, em breve estarei de volta,
    Beijos Celina

    ResponderExcluir
  32. Oi amiga, Amapola! Este seu post me lembrou da música Romaria =) Obrigada por partilhar =)
    Combinou com a foto de seu pai.

    Um bj no coração... fica com Deus!

    ResponderExcluir
  33. Um belissimo dia cheio de carinho e paz pra ti amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  34. Bom dia, Amapola
    Estou retribuindo sua visita ao meu bloguito e agradecer pelo comentário.
    Linda história no formato de poema. quanto desprendimento e espírito de caridade do seu pai.
    Bjo

    ResponderExcluir
  35. Muito linda a história do seu pai colocada neste poema...
    Minha querida venho te dar minha gratidão por sua presença constante em meu recanto, adoro suas visitas e carinhosas palavras...
    Amiga, que seja divino seu final de semana...beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  36. Oi minha flor.
    Pensando bem,nem quero agradar gregos e troianos somente os bons amigos e vc é um deles minha flor.
    Beijos millllllllllllllllll.

    ResponderExcluir
  37. Amapola, que prazer imenso conhecê-la:)

    Que bom que veio ao meu bloguinho para que assim me desse a oportunidade de vir até aqui... E ler um poema como esse, de conteúdo fraterno e amoroso. Que história emocionante a de seu pai, que via com os "olhos do coração"... Obrigada.

    Abraços, com carinho
    Madalena
    P.S.: também agora sou sua seguidora.

    ResponderExcluir
  38. Linda e emocionante, a história do teu pai.
    Um verdadeiro guerreiro.

    Lindo post, querida.

    bjooo

    ResponderExcluir
  39. =) Passei agora eu, no finzinho do dia, para lhe deixar um abraço de boa noite!
    Abraço no coração, Amapola!

    ResponderExcluir
  40. Obrigado por me seguir ^^
    Gostei muito da forma q vc escreve. Boa noite ^^
    Um abraço

    ResponderExcluir
  41. É impressionante a sua capacidade de nos encantar com suas histórias reais.
    Parabéns por esse feito!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  42. Um pouco de tudo um tudo de um pouco .
    Este e um blogger que está na internet a quase um ano , Um blogger que
    Tem 3 escritoras , cada uma com sua área , cada uma com uma coisa pra você .
    Bella Oliver , com assuntos românticos , frases engraçadas , fatos marcantes , coisas que toda mulher inteligente deve saber .
    Brenda Layanne , fica com a parte de te deixar a par de todas as fofocas do mundo dos famos.
    E de 3 em 3 dias , o Seu café è com a Natali , ela tem uma parte no blogger que se chama “ CAFÈ COM A NATALI – o conselho que você precisava “ , funciona bem fácil . você manda um e-mail para ( Isabela_algar@hotmail.com) com sua idade , cidade e estado de onde mora , se quiser o seu nome . e ela responde , te dando um conselho no blogger .
    Adiciona também no twitter . ( @minibarbicour) . E ainda os blogger que seguirem o Um pouco de tudo um tudo de um pouco , será seguido de volta , em menos de 24 horas.assim como no twitter . Siga e seja seguido , comente e será falado. (http://umpoucodeamoredesamores.blogspot.com/ )

    ResponderExcluir
  43. Um grande beijo de bom final de semana pra ti querida amiga,,,muita paz, carinho e poesia....

    ResponderExcluir
  44. Querida passei para lhe desejar um bom fim de semana. bjs

    parabéns por seu pai e sua linda homenagem

    ResponderExcluir
  45. Bom dia,Amapola!!

    Belíssima sua poesia!Tão terna a homenagem a seu pai!!Me comoveu...E que homem interessante ele era!!Pensar no próximo deste jeito, praticando!!É muito especial!!E com certeza não é pra todos!!
    Que bom que você divide suas lembranças!!
    Obrigada!
    São sempre lições de vida!
    Que Deus te abençõe querida!

    ResponderExcluir
  46. Maria,vc percebeu que ao entrar no meu blog vc encontrou uma mensagem te avisando de conteúdos impróprios?
    Pois bem,denunciaram meu blog ontem,eu o resgatei com à ajuda do Google mas ñ consigo tirar a mensagem.
    Minhas definições estão normais ou seja: Não para conteúdos impróprios.
    Maldade pura,mas seja lá quem for que quer me tirar da blogosfera ñ vai conseguir. Estou pedindo auxílio de tudo quanto é canto para selecionar esse problema,peço que se souber de alguma coisa que me ajude a tirar aquela mensagem ridícula dalí me avise por favor.
    Beijos minha amiga querida.

    ResponderExcluir
  47. Amada,

    Que coisa lindaaaaa essa história, essa lembrança tão boa do seu pai..

    Inimaginável não me encantar, emocionar aqui amapola.
    Não tem um dia que eu não agradeço a DEUS por ter te conhecido, e feito de ti minha irmã.

    Amo-te!

    ResponderExcluir
  48. Oiie!
    lindo post, adorei :)

    beijo grande!

    ResponderExcluir
  49. Bela prosa poética Maria, o seu pai era um bom samaritano, um homem de coração humanista e enorme e que com certeza não cabia no peito dele. Que pena que hoje em dia por causa da violência que nos cerca, não podemos fazer o que o seu pai tão bem fazia, acolher os cansados e aflitos do corpo e da alma. Beijos poéticos.

    ResponderExcluir
  50. Minha linda amiga!

    Sempre prestativa e carinhosa! Teus comentários me fazem um bem enorme! Me trazem paz, esperança, aconchego...

    Obrigada por tudo, amiga, te amo muuuuuuuuito!

    Bjs no coração.
    Sueli Gallacci

    ResponderExcluir
  51. Bons tempos esses em que a generosidade ainda era uma constante no meio de nossos homens e mulheres de bem, Lindíssimo esse poema dedicatório, Amapola! Meu abraço. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  52. Amapola,

    Muito obrigado por seguir meu blog. Também estou seguindo o seu. Pelo que pude observar, você tem bom conteúdo, produz textos reflexivos.

    Continuemos interagindo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  53. pessoa bem formada o teu pai,bem precisamos de pessoas de bom coração neste mundo pesado onde os sentimentos já pouco habitam
    bjs

    ResponderExcluir
  54. Querida Amapola!

    Boa noite, estou passando para ler novamente este lindo poema.
    E desejar-lhe um feliz fim de semana,
    um beijinho grande para sí,
    José.

    ResponderExcluir
  55. Uma história emocionante, amiga!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  56. Um sabado repleto de carinho paz e muita poesia pra ti querida....beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  57. Eu adoro ler as histórias do passado! Meu pai não é mais vivo , então me sento com meu sogro e fico viajando enquanto ele me conta histórias do passado.

    Linda homenagem que fez a seu pai.

    É gostoso ler teus escritos!

    Um bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  58. Amapola...Grata por tua presença no meu jardim!
    Um prazer te conhecer...e também aos teus escritos...Que lindeza esta tua poesia! Tão cheia de bons e amorosos sentimentos!
    Adorei ler tão preciosa história em versos!
    Estou te seguindo também!

    Um belo e colorido final de semana para você e tua família

    beijinhos com carinho da Eliana

    ResponderExcluir
  59. Lindos seus textos, Amapola. Voltarei mais vezes. Obrigada pela visita ao meu blog. Já estou lhe seguindo.

    Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  60. QUEEEEEE LINDOOOOOOO
    Me imaginei numa daquelas músicas de legião urbana.
    Nossa!
    :)

    ResponderExcluir
  61. Oi Amapola.
    Bela homenagem a um bom homem de coração solidário.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  62. São muitos os caminhos da vida.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  63. Olá, vim te fazer uma visitinha rápida, mas prometo voltar com mais tempo para curtir tudo por aqui .Quando você tiver um tempinho passe lá em CASA para tomar um café.
    Abraço
    Valéria

    ResponderExcluir
  64. Ao meu silêncio chegou um riso
    O meu desejo mora no limite da razão
    Roubando os segredos do corpo
    Lembro as tuas mãos como uma torrente de emoção

    Lembro que enchi o vazio da tua alma
    Enjauladas as asas morrem de dor
    A beleza é um momento eterno
    É o espelho de água onde se contempla o amor


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  65. Adorei, toda minha família veio do NE, este poema é um retrato perfeito dos costumes, em alguns lugares, até esquecidos.

    Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  66. Adorei sua visita !!!

    Nunca escrevi nada na vida ...um dia tive um sonho ...quando acordei continuou ...passei a viver duas vida ...até coloca-lo no papel . AMOR SEM FIM .
    Para mim é muito mais que uma estória , atraves dela encontrei respostas sobre outras vidas . papo de doido .
    As outras são consequencia de um canal que foi aberto .
    Uma linda semana !! Cheia de muita LUZ !!!
    Beijos !!

    ResponderExcluir
  67. Olá Querida Amapola!

    Passando aqui para lhe desejar um boa semana,
    com tudo a correr para o melhor.

    Um beijinho grande,
    José.

    ResponderExcluir
  68. Amapola, obrigado por nos presentear com teus lindos versos.
    É sempre um prazer vir aqui.
    Um abraço afetuoso, bjs.

    ResponderExcluir
  69. Obrigado pela gentil visita.

    Uma otima semana a vc

    Beijos!

    ResponderExcluir
  70. Adorei teu espaço...Vou ficando por aqui encantada...Grande abraço.

    ResponderExcluir
  71. obrigada pela visita em meu blog.

    Beijoos
    http://agarotaquetemquasetudo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  72. Um belissimo dia pra ti minha querida amiga...grande beijo e obrigado pelo carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  73. Minha querida

    Um poema lindo que conta em belas palavras um pedaço de uma vida.
    Agradeço o seu carinho no meu cantinho, gosto muito de a receber.

    Deixo um beijinho carinhoso
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  74. Seus textos são fantásticos!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  75. Boa noite querida!
    História bonita, marcada pela solidariedade, um sentimento tão raro hoje em dia!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  76. Bom dia minha amiga, não tinha percebido que nossa amiga havia fechado o blog, realmente é triste, e´uma pessoa especial, carinhosa e amiga,,,vamos aguardar a volta,,,,assim é o desejo...grande beijo de bom dia pra ti.

    ResponderExcluir
  77. obrigado pela visita!!
    parabéns pelos blogs
    abraços

    ResponderExcluir
  78. A poesia tão rica expressa uma linda história de vida!
    Trajetória marcada por passos de quem sabia pelas estradas da vida caminhar.
    Obrigada por sua visita e palavras!
    Um abraço carinhoso

    ResponderExcluir
  79. Olá!

    Obrigada pelo comentário, sem dúvidas, Jesus Cristo sempre nos ajuda. :)

    beijo grande, que Deus a abençoe sempre!!

    ResponderExcluir
  80. Tem (vários)selos pra você lá no meu blog:

    meninasegredos.blogspot.com

    Bjaum.*.*.

    ResponderExcluir
  81. Querida amiga, espero que esteja bem, pois venho deixar um afetuoso abraço e dizer que estou com saudades, mas em sintonia com teus poemas e tuas maravilhosas escritas.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  82. O coração bom e generoso do teu pai , só podia actuar desta maneira! Os puros não veem maldade em nada e têm razão! A tua mãe, talvez um pouco mais precavida, alertou, mas a reposta do teu pai a descansou:

    É um pobre fracassado
    Volta para a família assim...
    Não tem nada, coitado
    Só a fé no Senhor do Bonfim!!

    Comovente e linda esta história!
    beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  83. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir