quinta-feira, 25 de março de 2010

O ANDARILHO




Meu pai, logo após o término da revolução de 1932


O ANDARILHO

ERA COMUM EPISÓDIOS ASSIM
DEBAIXO DA LUZ DO LUAR
MEU PAI TRAZENDO COM ELE
UM ANDARILHO EM FARRAPOS
QUE ENCONTROU EM ALGUM LUGAR

ENTRAVA SORRINDO EM CASA
COM A MÃO SOBRE O SEU OMBRO
COMO SE FOSSEM CONHECIDOS
OU MESMO DOIS GRANDES AMIGOS

DEPOIS DIZIA BEM ALTO:
LUZIA ! VENHA CÁ...
TRAGO ESTE VIAJANTE CANSADO
QUE TEM SEUS PÉS CALEJADOS
DE ANDAR POR ESSES LADOS
DE REGRESSO AO SEU LAR

É MEU CONVIDADO DE HONRA
PREPARE ENTÃO PARA ELE
UMA GRANDE REFEIÇÃO
QUERO VE-LO DESCANSADO
COM MUITA SATISFAÇÃO

MINHA MÃE PREOCUPADA
CHAMAVA MEU PAI NUM CANTINHO
E DIZIA BEM BAIXINHO:
AFONSO! SEJA CAUTELOSO...
E SE ESSE TRANSEUNTE
FOR UM HOMEM PERIGOSO?

NÃO PRECISA SE PREOCUPAR
É SÓ UM POBRE FAMINTO
QUE HÁ MUITO LARGOU SUA GENTE
INDO PRA TERRAS DISTANTES
PARA A VIDA MELHORAR

DEIXOU MULHER E MUITOS FILHOS
LÁ NO NORTE A LHE ESPERAR

TRISTE ELE ESTÁ COM A VIDA
SEUS SONHOS VIRARAM FRANGALHOS
HOJE SE SENTE ENVERGONHADO
PORQUE VAI LEVAR PRA FAMÍLIA
O SABOR DE UM FRACASSADO

PRA PASSAGEM, DINHEIRO LHE ARRUMEI
AMANHÃ CEDO, BEM CEDINHO...
ELE PÕE SUAS TRALHAS NAS COSTAS
E NO PRIMEIRO TREM DE FERRO
SEGUE SEU CAMINHO DE VOLTA

LUZIA, POR COINCIDÊNCIA...
ELE É CONTERRÂNEO MEU
FALOU MUITO SOBRE A BAHIA
EM ILHÉUS ELE NASCEU

TEM SAUDADES DAQUELAS PRAIAS...
DO SABOR DO ACARAJÉ...
JÁ FEZ ATÉ CAPOEIRA...
NO BOM JESUS ELE TEM FÉ

PARECE UM VIAJANTE ERRANTE
MAS SEUS OLHOS SE TRANSFORMARAM
EM DUAS PEQUENAS ILHAS BRILHANTES
AO LEMBRAR DO FOLCLORE DO NORTE...
DO SENHOR DOS NAVEGANTES...

FEZ ATÉ UM JURAMENTO ASSIM:
QUANDO CHEGAR NA BAHIA
DE JOELHOS HEI DE SUBIR
TODA AQUELA ESCADARIA
DA IGREJA DO BONFIM

06/02/2007






5 COMENTÁRIOS:

Fabiano Mayrink disse...
Amapola suas historia veridicas sao muito bonitas ainda mais neste tom que as escreve ;)
Virgínia Allan disse...
Amapola, gostei dos versos do andarilho. É tão alto astral. Hoje mal podemos compartilhar qualquer coisa que seja com estranhos. Muito bonito mesmo... Beijo
Histórias do Rio de Janeiro disse...
Oi amiga, obrigado pela visita constante e pelos comentários.
Seus versos são pura magia, leitura fácil e interessante.
Parabéns!
Amiga, respondendo a pergunta que e me fez: não tenho pretensões políticas, ao contrário do que possa parecer.
Qualquer coisa faça contata no meu e-mail:
gtsoares@msn.com
Ceci disse...
Amapola, gostei desses versos, dos personagens e fatos. Beleza e humanidade nessas lembranças. Parabéns!
MUSICAL disse...
Outros tempos!

POSTAR UM COMENTÁRIO

24 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Amapola , adorei seus textos, a maneira como escreve, lembra muito a maneira da minha mãe contar as histórias dela de infância, ela tbem é uma mulher muito emotiva , e que quando conta suas histórias voce consegue visualisar a cena, tem uma mémoria invejável, e apesar da infância pobre, relata com muito carinho tudo o que viveu...abraço Ana Letícia

    ResponderExcluir
  3. Amapola

    Boa tarde

    Bela história, e me fez lembrar a forma como meus pais tratavam as pessoas necessitadas que chegavam a nossa porta,havia sempre um café,um prato de comida,um atenção.

    Muito bonito, fiquei comovido ao vir a seu blog.

    Parabéns.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Boa noite minha linda.
    Adorei seu texto,fazia tempo q ñ via versos assim. São rimas fantásticas envolvidas na realidade q de fato vivemos.Só com uma pequena diferença,a confiança escafedeu-se trazendo a insegurança q predomina igual lactobacílos vivos.
    Parabéns minha querida.
    beijokas.

    ResponderExcluir
  5. eu não sei pq ainda me espanto, sempre que leio seus textos! são lindos, bem escritos... são ficticios ou você viveu tudo isso?

    adoro isso aqui!

    ResponderExcluir
  6. Amapola, eu também já fui andarilho, mas tinha sempre a casa dos meus pais e o meu quarto prá voltar. Nessas andanças conheci muita gente que não tinha pra onde voltar e isso me fez dar cada vez mais valor ao que eu tinha. Mas... cade vc? Nem um comentáriozinho no meu "Cordel sob encomenda"? bjs!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia.
    Em todos os meus textos, eu relato episódios verdadeiros, até nos mínimos detalhes.
    Por exemplo, nesse caso do Andarilho: Meu pai levava sempre, algum pra dormir lá em casa. Porém, nesse dia, quando ele viu resistência da minha mãe, ele relatou tudo que aquele senhor havia conversado com ele, durante o trajeto.
    E eu que, valorizava cada momento, achei bonito, o jeito emocionado com que ele disse essas palavras.
    -------------
    Obrigada por cada comentário.

    ResponderExcluir
  8. Menina que poema, de dar inveja em qualquer grande poeta viu?
    me lembra morte e vida severina.Belissimo mesmo.
    Bjos achocolatados em seu doce coração

    ResponderExcluir
  9. Passando por aqui para parabenizá-la pelo poema e para leh desejar um ótimo fim de semana e claro, agradecer por suas visitar a meu humilde blog.

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga, tudo bem?
    relembrar nossos momentos bons é sempre agradável. Eu não me canso de recordar coisas que vivi.
    Adoro fazer fotos das minhas andanças e mostrar aos amigos.
    Estou criando um álbum com algumas das fotos que tirei, depois de pronto te mando o link.
    Se quiser antecipar alguma coisa procura no orkut: Gilberto Teixeira ou pelo e-mail: gtsoares@msn.com
    Tenha um excelente final de semana.

    ResponderExcluir
  11. AMAPOLA MUCHISIMAS GRACIAS,NO SABES CUANTO,DE QUE FORMA,ESPLENDIDA,EL INTERCABIO DE ESCRITOS,BUENA ESENCIA,POETA,EN TUS TRABAJOS...GRACIAS!
    UN ABRAZO
    LIDIA-LA ESCRIBA

    ResponderExcluir
  12. Amapola, boa noite!

    Vim agradecer sua visita e retribuí-la!
    Obrigada pelas palavras gentis que deixou no chapéu azul.

    Você tem bastante blogs, rsrs... vou vendo com calma para não perder nada.
    bjka

    ResponderExcluir
  13. Bom dia amada.
    Vim te deixar o meu beijo.
    Um maravilhoso dia para ti.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  14. Olá, amiga, que poema lindo, é a vida contada em versos, histórias que não se esquece e dá orgulho contar. Parabéns pelas suas belíssimas postagens. Bjos!!!!

    ResponderExcluir
  15. Boa noite minha linda.
    Um beijo grande.
    Durma com os anjos.

    ResponderExcluir
  16. Eu conheço histórias como essa.Acho que isso era coisa de mineiro. Amei

    ResponderExcluir
  17. "O orvalho
    é um verso
    que a poesia
    da noite
    pousa
    na flor..."

    Denise Flor

    Feliz Domingo prá voce!!

    ResponderExcluir
  18. Cântico de Lívia

    Alma gêmea de minha alma
    Flor de luz de minha vida
    Sublime estrela caida
    Das belezas da amplidão...

    Quando eu errava no mundo
    Triste e só, no meu caminho,
    Chegaste, devagarinho,
    E encheste-me o coração.

    Vinhas na benção das flores
    Da divina claridade,
    Tecer-me a felicidade
    Em sorrisos de esplendor!

    És meu tesouro infinito.
    Juro-te eterna aliança
    Porque sou tua esperança,
    Como és todo meu amor!!
    Alma gêmea de minha alma
    Se eu te perder algum dia
    Serei tua escura agonia,
    Da saudade nos seus véus...

    Se um dia me abandonares
    Luz terna dos meus amores,
    Hei de esperar-te, entre as flores
    Da claridade dos céus.


    - Emmanuel / Chico Xavier -

    Beijos de coração prá coração!
    M@ria

    ResponderExcluir
  19. Minha querida, esses contos veridicos, essas passagens, essas lembranças são tão lindas.
    Feliz de quem tem um passado pra contar, feliz de quem tem saudade.
    Tenho uma foto do meu avô tbm, depois da revolução de 32. Foram todos uns heróis.
    É de se orgulhar mesmo. E seu pai, com esse coração tão nobre...tão raro hoje.
    Um abraço enorme dessa amiga que te quer muito bem.
    Boa semana minha flor.

    ResponderExcluir
  20. Venha buscar meu troféu.....com carinho prá voce!!

    Postado aki no M@ria M@ria

    ResponderExcluir
  21. Amapola, minha amiga. Que bonita essa vida meu Deus, onde a gente conhece pessoas que nos parecem velhas conhecidas. Deixa eu te contar uma coisa. Ontem, domingo, me atentei a algo que ainda não tinha me atentado em seu perfil. Fui ouvir as sionfonias de Beethoven , no youtube do seu filho.(Que já coloquei nos meus favoritos). Minha amiga, chorei...chorei (Ando assim ultimamente), pois me lembrei de quando atuava no centro espirita Ismael em SP, nossas aves maria no final dos trabalhos ao som das sinfonias dele. Dos evangelhos no lar que eu fazia tbm com esse som ao fundo. Enfins...vim te dar os parabéns pela sua familia, pelo talento do seu filho, que é uma benção divina de Deus.
    Que orgulho voce deve ter minha amiga..
    Agora, sempre que me sento aqui, até mesmo pra postar no meu blog, eu fico vendo e ouvindo tudo que ele toca. E me dá uma paz..
    Não poderia deixar de passar aqui pra te dizer isso. Minha vida ficou ainda mais bonita.
    Um grande abraço minha amiga, que nosso Pai maior continue te iluminando, se extendendo a todos da sua linda familia.
    Um abraço gigante!!!

    ResponderExcluir
  22. Amapola, obrigada pelo lindo comentário. Eu sei.. eu sei que será assim. Beijo

    ResponderExcluir
  23. Já te falei que adoro seu blog e suas poesias? :) É bom pra uma mocinha como eu ler esse tipo de coisa. hahah....
    Você vai ganhar um prêmio! =) No meu próximo post lhe darei.

    Beijos!

    ResponderExcluir